Loading...

domingo, 5 de junho de 2011

O que realmente é amar?

        Muitas vezes vamos procurar frases sobre o amor e sempre encontramos frases do tipo:


"Amar é sentir na felicidade do outro a própria felicidade." (Gottfried Wilhelm von Leibnitz);


"A maior felicidade é a certeza de sermos amados apesar de ser como somos." (acrescento, e aceitar como elas são.);


"Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que haja falta de amor." (Vladimir Maiakovski);


"Passamos a amar não quando encontramos uma pessoa perfeita, mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita." (San Kenn);


"Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção."
(Antoine de Saint-Exupéry).


"Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge de todas as explicações possíveis." (Carlos Drummond de Andrade).


         Muitas vezes achamos uma baboseira, mas quando realmente amamos percebemos o quanto elas são importantes.
         Amar pode parecer fácil, mas nem sempre é. Existem tantas formas de amar, mas por mais estranho que seja a forma de amar, sempre é amor.
         Tem situações que somos exigentes, egoístas, procuramos brigar, quando na verdade devíamos amar. Quem disse que seria fácil não é mesmo? A gente só dá valor quando perde ou quando percebemos que vamos perder. Porque quando está tudo bem a gente não luta pra manter?
         É engraçado  que quando está no início do relacionamento as conquistas são sempre mas detalhadas, carinhosas, mais dedicadas. Mas, quando o tempo passa e achamos que está tudo bem deixamos de querer conquistar, daí vem as crises de relacionamento, e com isso criaram a frases: "No começo sempre é flores!" Mas, porque sempre é só no começo é flores? Acho que porque criamos os espinhos. 
        Amar é conquistar o outro eternamente! Não devemos deixar a monotonia tomar conta do nosso relacionamento, devemos achar que a qualquer momento podemos perder e com isso dar valor a quem amamos. Não deixe uma coisa tão banal estragar um grande amor.
        Pequenos atos fazem a diferença. Um lugar diferente pra ir no fim de semana curtir apenas os dois, uma carta, uma frase inesperada  por torpedo, uma flor do jardim da vizinha (rsrs), realizar um desejo de quem ama de vez em quando, um filme que ela tanto quis ver e você não gosta, enfim, o companheirismo é um  dos fatores mais importes de uma relação, por mais bobo e pequena que seja sua atitude, fará a diferença. Quem exige demais as coisas não amam, só aproveitam e sugam o que pode. 
        Saiba valorizar o que você tem, ame, dê carinho, respeite, surpreenda sempre quem você ama. 
        Não procure a pessoa perfeita, torne ela a pessoa perfeita e funciona muito bem falando realmente o que pensa em um tranqüilo diálogo. Não grite, não brigue, apenas converse, mas entenda quando não estiver ao alcance da pessoa. Isso trará mais a união, mais companheirismo.
        Ame, renove, lute sempre e seja feliz. 
        Já ouvir dizer que o amor é ilusão, se for quero viver pra sempre sendo iludida.
        A felicidade está em suas mãos, basta traze-la pra perto de si. Ame loucamente, sem limites!

Pollyanna Souza

2 comentários:

  1. Oi Poly, adorei seu bloga apesar de bebezinho já começa com o pé direito falando do sentimento mais precioso que o ser humano pode ter "AMOR"... simplesmente perfect! ... para mim será um prazer seu seguidor e melhor ainda "ser o primeiro" hehehehehe"

    tenhho dois blogs podes me seguir tb?

    diversos>>>www.jaylsonbatysta.blogspot.com

    poesias>>>www.simplesmentejaja.blogspot.com

    bjsssssssssssssssss té mais!

    ResponderExcluir
  2. gosto muito desses assuntos do coração,amei o blog ta, e te amo de paixão tbm vc sabe!!!!bjsssssssssssssssssssssss minha linda até mais!!!

    ResponderExcluir